Você está aqui: HomeNotícias › Notícia completa

11/08/2016 às 09:50
SITIANTES DA CIDADE JOGAM LIXO EM LOCAL PROIBIDO

     A placa sinalizando que é proibido jogar lixo não é suficiente para inibir parte dos biritibanos de jogar entulho e restos de materiais de construção nas proximidades do rio que corta a Rua Henrique Peres.

     Estela Aparecida da Cruz, conta que já teve problemas com pessoas que passavam pelo local para despejar lixo nesta área, e ao questionar, a pessoa que estava errada ainda quis debater com a moradora. “Esses dias eu vi um carro com placa de São Paulo. Às vezes a gente denuncia, mas arruma briga. Esses dias eu fui conversar com um homem que estava jogando lixo e quase me peguei (briguei) com ele.

    Para a moradora, boa parte desse lixo vem de sitiantes da própria cidade que passa pelo local que tem poucas pessoas e ‘aproveitam’ que ninguém está vendo e despeja todo o material no espaço.

    Outro problema apontado pela moradora é a falta de lixeiras na área rural. “Todo mundo pede lixeira, mas a prefeitura não coloca. Fica difícil trazer o lixo nestas distancia, mas aí a gente pede e a prefeitura não coloca. Fica complicado a situação do morador”, aponta Estela.

 

    Para Jurandir de Almeida, que trabalha com reciclagem, o descaso das pessoas em relação ao despejo de lixo é grande. Falta conscientização, até por causa do rio que passa nas proximidades. “Hoje esta água está clarinha, mas tem gente que joga esgoto direto nela, lixo. Eu trabalho com reciclagem para conseguir um dinheiro a mais para completar a renda, mas lixo é outra coisa”, ressalta.

Veja mais sobre Cotidiano [+ notícias]

Edição Atual


Fórum do Leitor

Entre e deixe o seu comentario em nosso livro de visitas!